Caturritas e ouriço-cacheiro voltam à natureza

Porto Alegre, RS - 01.09.2016 Três caturritas e um ouriço-cacheiro foram devolvidos à natureza Foto: Divulgação/PMPA
Porto Alegre, RS – 01.09.2016
Três caturritas e um ouriço-cacheiro foram devolvidos à natureza
Foto: Divulgação/PMPA

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), através da Reserva Biológica do Lami, devolveu à natureza, nessa terça-feira, 30, quatro animais silvestres vítimas de acidentes e maus tratos ocorridos na Zona de Amortecimento da Unidade de Conservação.

Três aves da espécie Myiopsitta monachus, conhecida como caturrita, e um Sphiggurus villosus, conhecido como ouriço-cacheiro, foram conduzidos, inicialmente, a uma clínica especializada em fauna selvagem da Capital. Após período sob cuidados de especialistas, os animais foram devolvidos ao seu habitat, em ecossistemas naturais na Zona de Amortecimento da Reserva.

A caturrita, também conhecida como periquito-monge ou cocota, é nativa das regiões subtropical e temperada da América do Sul. O ouriço-cacheiro é um mamífero encontrado em regiões de matas, inclusive em áreas bastante degradadas pela urbanização. O ouriço-cacheiro possuí hábitos arborícolas – animais cuja vida se dá principalmente nas árvores – e, quando ameaçado, eriça os espinhos do dorso como mecanismo de defesa.

A Zona de Amortecimento é uma área estabelecida ao redor de uma unidade de conservação, como a Reserva do Lami, com o objetivo de filtrar os impactos negativos das atividades que ocorrem fora dela, como ruídos, poluição, espécies invasoras e avanço da ocupação humana, especialmente nas unidades próximas a áreas intensamente ocupadas.

A fauna silvestre é protegida pela lei Federal 9.605/98, sendo proibida a sua apreensão, caça e quaisquer tipos de maus tratos. A Reserva Biológica do Lami orienta que os animais silvestres não devem ser alimentados e a preservação do habitat natural das espécies permite a sua sobrevivência e reprodução.

Fonte: PMPA / Texto: Rômulo Fernandes / Edição: Jandira Davila Feijó / Foto: Divulgação/PMPA

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami